quinta-feira, 9 de abril de 2009

Elizeu Félix


Ilustre desconhecido, que tem a melhor, quase única, foto de Elizeu na internet, e o mestre.

Durante anos, e eu disse anos, bota anos nisso, Dotô, Luna, Marçal e Elizeu formaram o maior quarteto da percussão de toda a história do samba. Monopolizaram os estúdios de gravação. Todos queriam eles na cozinha e eles gravavam com todos. Dotô era especialista em repique de anel. Luna, Marçal e Elizeu comiam quaisquer outros instrumentos de percussão. Era uma trinca do caramba!
O incrível é que cada um tinha sua forma de tocar tamborim, aparentemente tão simples. E os 3 se completavam.

Gravação do cd de Luciano Perrone, grande percussionista. Os 3 estão fazendo tamborim.

Elizeu era o último dos 3 mosqueteiros.
Morreu dia 13 de fevereiro de 2009. Descobri isso esses dias.


Atualização de 16/02/2010:
Recado do Mestre Barão do Pandeiro para o Mestre Dôga:
É o seguinte: Há no blog dele uma das ultimas fotos do Elizeu do Tamborim,nesta foto ele está ao lado de u'a pessoa que ele cita como um "ilustre desconhecido",e o cara é um amigi meu e um dos maiores percucionistas de SP.

O nome dele é Vini ele é professor na ULM e percussionista da JazzSinfônica.

5 comentários:

Leonardo Melo disse...

Cara, não tem como não comentar. Esta figura sensacional chamada Elizeu Félix, tão importante quanto infelizmente esquecida no cenário musical brasileiro. O conheci no Retiro dos Artistas já no fim de sua vida. Tive a honra de cantar para este grande mestre! Infelizmente, de fato ele faleceu, já estava bastante debilitado. NAda se falou e poucos (poucos mesmo) parentes foram ao entrerro!

Anônimo disse...

Sou filha do Elizeu do 1º casamento. (Elizabeth Felix)
Acompanhei meu pai todos os momentos da vida dele. Participei de todas as alegria dele. Mesmo ele doente era feliz! Descobrimos uma leoucemia após termos feito uma cirurgia de prostata que foi um sucesso, mas só que para tristeza de todos nós, ele esteve com leucemia.. Ele foi bem tratado por todos no retiro e principalmente por mim que estive à todo tempo ao seu lado! A morte dele foi muito rapida.. Não deu tempo de comunicar a ninguém. No enterro fiquei triste por não poder fazer um enterro a sua altura! Ele está enterrado numa cova raza, porque nao tive dinheiro pra colocar uma placa com o nome dele. Mas nao tive condições.. Em seu enterro, só foi eu, minha tia e uma enfermeira do retiro. Mas o tempo dele foi esse.. Agora ele está com Deus. Eu fui a única filha que esteve com ele, nenhuma filho do seu 2º casamento compareceu. Achei melhor porque ninguém ia visitá-lo no hospital, só eu que dormia lá, ao lado dele.. Enfim.. Eu tenho muitas coisas para falar dele! Tudo que ele me contava; uma história linda que ele me contava, que não quero que seja esquecida..!

Artur de Bem disse...

Olá Elizabeth, não deixasse teu e-mail, mas se tu acessares de novo, pode entrar em contato comigo (arturdbem@gmail.com). Terei o maior prazer em conversar contigo!!

Abraço e obrigado pelo comentário!! Fico lisonjeado pela sua visita!!

Anônimo disse...

oi tudo bem ,eu ELIZABETH FELIX gostaria que vc visitaçe o meu orkut para ver fotos do meu pai.beth felix.e eu tenho muitas fotos dele.se vc quizer ver eu lhe paço algumas.ok tenho muitas historia dele para comtar um abraço.[beth1962-20@hotmail.com]

Artur de Bem disse...

Recado do Mestre Barão do Pandeiro para o Mestre Dôga:
É o seguinte: Há no blog dele uma das ultimas fotos do Elizeu do Tamborim,nesta foto ele está ao lado de u'a pessoa que ele cita como um "ilustre desconhecido",e o cara é um amigi meu e um dos maiores percucionistas de SP.

O nome dele é Vini ele é professor na ULM e percussionista da JazzSinfônica.