segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Minha homenagem ao Sambatuque!


Foto: Artur de Bem

De vez em quando eu enveredo pro sentimentalismo e resolvo homenagear alguém.
Desta vez é o Grupo Sambatuque!

Catonho da Cuíca - Surdo
Gil - Atabaque com vassourinha
Zé Aldo - Chocalho
Renato - Cavaco
Búrigo - Violão

Já tive o prazer e a honra de estar com este grupo por algumas vezes.

Não consigo expressar, nestas má escritas linhas, o valor do Grupo Sambatuque.

É um som gostoso, uma cadência dançante, um coro afinado e um repertório caprichado. Parece que passaram anos garimpando viniis e fitas k7 para encontrar as pérolas apresentadas. E mais anos ensaiando a apresentação. São vários pot-pourri, com cerca de 15 minutos cada.

Os integrantes, já de uma certa idade, possuem uma disposição invejável.

O grupo toca com alegria, com vontade, com prazer. Parece que estão tocando sem compromisso, sem medo de errar, sem aquela preocupação de ter que fazer tudo corretamente. Pois eles tem compromisso, não erram e fazem tudo corretamente.

Ao Grupo Sambatuque, todo o meu respeito e o meu axé!


E o povo canta junto com o Sambatuque: "Que saudade da professorinha! Que me ensinou o be-a-bá" (Ataulfo Alves)

2 comentários:

MMMarcelo disse...

Pude conferir o show do Sambatuque durante a feijoada promovida pelo Bloco Unidos do Santo Estêvão (Areias- São José), lá no Praça 11. Realmente, os caras têm um repertório fabuloso.

José Mário disse...

Falar dessa rapaziada, é chover no molhado, eles são divertidos, sem contar os grandes amigos que são. O repertório, a alegria ao tocar, descontração, fazem do Catonho, Zé Aldo, Gil, Búrigo e Renato, pessoas a serem seguidas por aqueles que pretendem um dia cantar e tocar em algum grupo de samba. Parabéns, meus amigos.