sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Rimar "amor" com "dor"

Uma das rimas mais fracas da música popular brasileira: "amor" e "dor".
Será???

Número um
(Benedito Lacerda / Mário Lago)

Passaste hoje ao meu lado
Vaidosa de braço dado
Com outro que te encontrou
E eu relembrei comovido
Um velho amor esquecido
Que o meu destino arruinou

Chegaste na minha vida
Cansada e desiludida
Triste mendiga de amor
E eu, pobre, com sacrifício
Fiz um céu do teu suplício
Pus risos na tua dor

Mostrei-te um novo caminho
Onde com muito carinho
Lembrei-te numa ilusão
Tudo, porém, foi inútil
Eras no fundo uma fútil
Fostes de mão em mão

Satisfaz tua vaidade
Muda de dono à vontade
Isso em mulher é comum
Não guardo frios rancores
Pois dentre os seus mil amores
Eu sou o número um















Para baixar o álbum, clique aqui

Um comentário:

Luisa Carvalho disse...

Olá, eu sou cantora e estudiosa de samba e adorei visitar seu Blog. Não para de escrever não... Estou curiosa para a próxima postagem!
Att
Luísa C.