quinta-feira, 10 de abril de 2008

Funcionário público

Eu gostaria de pedir a todos os funcinários públicos que trabalhem como se fosse para vocês, como se o atendimento fosse para vocês. Porque é!
Um dia você irá precisar do atendimento de outro funcionário público, e esse outro funcionário público pode precisar do seu atendimento.
Ao invéz de tratar mal, trate super bem. Essa pessoa pode te atender um dia. Justo no dia que tu mais precisares.

Não quero ensinar o padre a rezar missa, mas é uma coisa que eu fico indignado, não entendo e gostaria muito que mudasse.

Algumas lendas urbanas tem que acabar:
- Funcionário público não trabalha;
- Candomblé é ruim;
- Brasileiro tem pouca memória;
- Sambista não presta.


E o povo canta: "Quem trabalha é quem tem razão. Eu digo e não tenho medo de errar." (Ataulfo Alves / Wilson Batista)

Um comentário:

Antonio Luiz Junior disse...

nossa que coesão neste texto!
Além de vários erros de português, se vê erro do tempo, depois erros quanto ao uso aa primeira e a terceira pessoa da conjugação... E no final, fala sobre samba num texto que começou falando de funcionarismo público.
Nota 10!
Lá na Estácio.